Bem-Aventurada Virgem Maria – 08 de setembro

S. MS. Lucas 1,39-49

Muitos se queixam de no cristianismo se dar pouca importância às mulheres. Nada mais falso para quem lê o Novo Testamento, verdadeiro guia revolucionário pacifista de valorização da mulher ainda hoje, e muitíssimo mais se tivermos em conta a sociedade daquela época. Quem primeiro reconhece Jesus como Messias foram mulheres, muito antes dos apóstolos homens. Neste texto Isabel (mãe de João Baptista) reconhece-O antes do Seu nascimento, com a Graça de Deus a abrir-lhe o espírito aquando do seu abraço a Maria, sua prima. Também a resposta da Mãe de Deus é de reconhecimento de que Seu filho no ventre é o Messias, outra mulher, pois.

O primeiro homem a reconhecer o Senhor como nosso salvador foi João Baptista, ainda antes de ser nascido. Que belo é este texto, relatando que o bebé de Isabel dá sinal de reconhecimento dentro do ventre de sua mãe!

Encontrar-se-ão muitos anos mais tarde, quando João baptiza e anuncia a vinda do Messias. Reconhece-o de imediato, de novo, e de si nosso Senhor afirma ser o maior dos profetas. Homem de uma coragem e humildade de serviço ao senhor inexcedível, que muitos de nós se esquecem, num tempo no qual procuramos heróis humanos como referência em personagens nobres comoo Luther King, Gandi, Mandela. E, no entanto, segundo Nosso Senhor, João Baptista foi o humano mais próximo de Deus!

Clara Oliveira

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *